Prótese

Sabia que todos esses nomes, embora não sejam os termos técnicos corretos, são as denominações mais comuns pelas quais as próteses dentais são conhecidas pela população?

A prótese dental é definida como um dispositivo que permite repor mecanicamente tecidos e dentes com o intuito de restaurar e manter a forma, a função, a aparência e a saúde bucal. O uso de prótese dental é uma solução eficiente para suprir a falta de dentes!

 

Solução antiga, problema atual

Sabia que há diversos estudos que identificaram o uso de artefatos para suprir a falta de dentes (“próteses” primitivas) por diferentes povos, em diferentes regiões e períodos da história? Há relatos do uso dessas próteses primitivas pelos fenícios, etruscos e romanos na Europa; e maias nas Américas. Isto demonstra que, não só a perda de dentes é um problema conhecido desde a antiguidade, mas também que existe a possibilidade da sua reposição por algum outro material!

E infelizmente, a necessidade da reposição de dentes é ainda um problema muito atual. Dados dO Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que metade da população brasileira adulta tem apenas 20 (ou menos) dentes funcionais (o normal são 32!). E quando analisada a população idosa, esta situação se torna ainda pior, com 70% dos idosos brasileiros com 20 ou menos dentes funcionais.

 

Diferentes possibilidades

Com o avanço do conhecimento sobre saúde bucal e o desenvolvimento de diferentes materiais moldáveis e biocompatíveis, a Prótese Dentária se tornou uma especialidade da Odontologia. Hoje dispomos de uma diversidade de próteses que nos permite reconstituir sorrisos afetados pelo tempo e pela perda de dentes e recuperar o aspecto saudável e jovial do sorriso.

 

A seguir destacaremos alguns tipos de próteses mais frequentemente utilizados:

 

Prótese total removível

Este tipo de prótese é indicado para os casos de perda de todos os dentes. É confeccionada a partir de moldes da cavidade bucal do paciente e atualmente tem a aplicação de materiais que imitam muito eficientemente a cor, o formato e tamanho dos dentes naturais e até mesmo a cor da gengiva, atingindo um aspecto bastante natural.

Prótese parcial removível

Esta prótese é indicada nos casos onde ainda se possui boa parte dos dentes e estes estão em bom estado de saúde. Isto é importante porque esses dentes remanescentes servirão de locais de ancoragem para a prótese por meio de ligas metálicas.

Prótese parcial fixa

Conhecidas também como ponte ou coroa, este tipo de prótese é indicada para quem perdeu um pequeno número de dentes e que ainda possuam dentes saudáveis para serem utilizados como suporte. Após um pequeno desgaste dos dentes que serão utilizados como suporte, as próteses confeccionadas em metal e porcelana são fixadas nesses dentes.

Prótese flexível

Produzidas em resina flexível, são utilizadas como alternativas às próteses parciais removíveis por não utilizarem grampos para fixação. Habitualmente resultam em um aspecto visual mais natural que as demais.

 

Como escolher meu tipo de prótese?

Seu dentista é a pessoa mais indicada para te auxiliar a escolher o tipo de prótese mais indicado para a sua necessidade. Ele te ajudará a escolher entre as muitas possibilidades de modelos, materiais e acabamentos, para que tanto os resultados estéticos quanto os ganhos na saúde bucal sejam potencializados.

 

Se ainda assim você tiver dúvidas, não deixe de entrar em contato com a gente! Teremos enorme satisfação em lhe atender.

A prótese dental é uma opção bastante assertiva para a reabilitação de um sorriso confiante!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário